Discutir opiniões e conceitos pode ser muito enriquecedor e para isso, reunimos algumas sugestões para você melhorar sua participação e contribuir ainda mais dentro do app de debate

O Quinto é uma rede social de opinião coletiva e debate. Mas isso você já deve saber. Através do voto SIM ou NÃO é possível provocar mudanças verdadeiras, que começam a partir do posicionamento pessoal de cada um dos indivíduos que compõem a sociedade. E aqui no Quinto isso é feito de maneira muito simples, já que basta um clique ou um deslizar de tela para indicar, por exemplo, se você é contra ou a favor da legalização do aborto, da legalização da maconha, se acredita ou não em Deus e se considera que a mulher está devidamente representada na política, entre outros milhares de temas.

Mas ainda dentro do Quinto é possível contribuir de uma outra forma para uma sociedade crítica, através do debate de ideias. Isso porque cada uma das mais de 1.800 perguntas que estão disponíveis para serem votadas no app possui uma seção de debate, onde os usuários podem expor opiniões mais profundamente, elencando argumentos sobre o tema e embasando o seu ponto de vista. Essa ferramenta serve para que você possa manifestar suas ideias, mas também para que possa aprender a partir das perspectivas e opiniões de terceiros. E o melhor: no Quinto, o debate é feito por pessoas comprovadamente reais, sem fakes.

Para quem já participa ou quer participar dos debates no Quinto, o blog de hoje reuniu cinco dicas de quem faz a plataforma para que você possa debater de forma saudável, com a troca de ideias e opiniões de maneira construtiva e colaborativa. Confira!

Aproveite o espaço de forma democrática

CEO do Quinto, André Bastos

O debate de ideias é algo absolutamente saudável e construtivo para o ser humano. Afinal, com ele é possível se expressar, manifestar opiniões e ainda absorver conhecimento a partir de conceitos e da visão de mundo de outras pessoas. “Votar é fundamental para emitir suas opiniões, mas o debate de ideias fortalece ainda mais suas convicções e pode ser construtivo tanto para quem pensa da mesma forma quanto para quem pensa diferente. Além disso, se queremos uma sociedade participativa, onde as pessoas tenham voz e possam ouvir e ser ouvidas, o nosso melhor instrumento é o debate. E o Quinto está aqui para isso”.

André Bastos
CEO

Use textos claros e argumentativos

Janaina Caldeira, gerente de conteúdo do Quinto

Se fazer entender na hora do debate de ideias é fundamental. Afinal, de nada adianta reunir mil conceitos e argumentos se você não conseguir organizá-los e transmiti-los de forma clara e objetiva. Mas cuidado: ter convicções não quer dizer que você está absolutamente certo. Por isso, procure embasamento para suas opiniões e, de preferência, traga suas referências para o debate. “Fique atento e não tente mostrar mais conhecimento do que você realmente tem sobre determinado assunto. Só escreva algo se tiver certeza do que está dizendo. Sempre que possível, cite a fonte da sua informação para evitar atritos e nunca utilize frases ou expressões sexistas, preconceituosas, racistas ou xenofóbicas nas suas participações. Isso não é argumento. Crie um conteúdo informativo, opinativo e argumentativo, com clareza e educação”.

Janaina Caldeira
Gerente de conteúdo

Respeite a opinião alheia

Bruno Alves, diretor de operações do Quinto

Discordar do ponto de vista de outras pessoas é algo absolutamente natural e até mesmo muito saudável para um debate de ideias construtivo. Afinal, é isso que move as discussões e até mesmo as enriquece. Nesse sentido, é importante saber não apenas expôr suas ideias de forma objetiva — e educada –, mas também ouvir e, mesmo discordando, respeitar o posicionamento contrário. Essa é uma dica válida também para reservar-se o direito de ser respeitado em suas opiniões. “A sociedade evoluiu, ganhou novas telas e formas de opinar. Mas a palavra-chave que não podemos deixar de lado é: empatia. Praticar a empatia é uma ato simples e necessário, já que, respeitando a opinião do outro, conseguimos ir mais longe”.

Bruno Alves
Diretor de operações

Em caso de desrespeito, denuncie!

Paulo Fogaça, desenvolvedor do Quinto

Embora o debate do Quinto seja um campo para a discussão de ideias de forma saudável e respeitosa, sempre há a possibilidade de que alguém não esteja tão disposto a colaborar com esse conceito. Para isso, o aplicativo conta com uma ferramenta que permite que comentários indevidos, que não estão de acordo com aos termos de uso do app, sejam denunciados. E isso vale não apenas para quando você se sentir ofendido, mas também quando presenciar um comentário hostil contra qualquer outra pessoa ou grupo. “Caso veja qualquer comentário com conteúdo inadequado, basta tocar no botão de Opções e, em seguida, em ‘Denunciar Comentário’. Revise o comentário, escolha o motivo na lista disponível e justifique sua denúncia em um breve texto. A partir de então, a equipe do Quinto receberá essa denúncia e tomará as medidas necessárias”.

Paulo Fogaça
Desenvolvedor

Conecte-se com quem pensa como você!

Fábio Devito, analista de social media do Quinto

Como o próprio nome sugere, as redes sociais são ambientes para… socializar! Dentro do debate do Quinto é possível encontrar afinidades com pessoas que estão a milhares de quilômetros de distância e a partir daí formar amizades. Mas existe também uma outra ferramenta eficiente que permite conectar-se com quem se tem um alinhamento ideológico. “O mais legal das redes sociais é que podemos conhecer pessoas e fazer amizades com quem gosta das mesmas coisas que nós, independentemente de onde eles estão. O Quinto facilita esta relação com a ferramenta ‘Índice de Afinidade’, exibido no perfil do usuário quando você o visita. Com ela é possível identificar imediatamente em quais áreas as outras pessoas mais se identificam com você, facilitando a aproximação”.

Fábio Devito
Analista de social media

 

Leia mais - Se movimentar é preciso! Quinto traça perfil dos usuários quando assunto é atividade física

chaminés poluindo o meio ambiente