Usuários do Quinto acreditam na eficácia dos aplicativos de relacionamento até mesmo para compromissos duradouros, mas preferem não pagar pela funcionalidade

As redes sociais aproximaram as pessoas e facilitaram as interações, mas para quem deseja de fato encontrar um par, os aplicativos de paquera se mostram a melhor das opções. Com suas respectivas variações — há, por exemplo, ferramentas que unem de acordo com proximidade geográfica, compatibilidade de gostos e orientação sexual — eles fazem cada vez mais sucesso. E é justamente isso o que confirma o público do Quinto, já que 51% dos usuários que responderam à pergunta se usam ou usariam apps de paquera sinalizaram positivamente.

Mais do que isso, os usuários Quinto demonstram confiança no potencial dos aplicativos que se propõem a unir pessoas em busca de um relacionamento ou mesmo de uma curtição momentânea: foram 54% os que disseram acreditar que essas ferramentas são eficientes e 87% dos votantes que creem que relações iniciadas a partir do match nesses apps podem ser duradouras.

Apesar da eficácia em colocar duas pessoas para conversar, o entendimento entre ambos pode envolver muito mais e não é sempre que o match virtual se torna um encontro presencial. Entre os usuários do Quinto, apenas 36% dos votantes confirmam que já ficaram com alguém que conheceram por meio dos apps de paquera. O assunto é alvo constante de dicas e recomendações de segurança, uma vez que lidando com desconhecidos, é preciso se cercar de informações e cuidados para evitar problemas.

Ainda que façam sucesso e batam recordes de downloads — só o Tinder, por exemplo, que é a mais popular dessas ferramentas, ganhou mais de 1 milhão de usuários apenas em 2018 –, os apps de paquera parecem não figurar na lista de prioridades dos usuários do Quinto quando o assunto é desembolsar dinheiro pelo serviço. Conforme pergunta feita na rede social de opinião coletiva, 88% dos votantes disseram que não pagariam para usar um desses aplicativos que, em sua maioria, são gratuitos, mas oferecem recursos adicionais para quem opta por uma assinatura ou plano premium.

No Quinto você pode votar em outras questões sobre sexo e relacionamento e diversas outras categorias. Há perguntas relacionadas às vivências de namoro e casamento, tabus e também à intimidade do sexo. Em breve, por exemplo, você poderá opinar se prefere que seu parceiro (a) se depile, entre outros temas. Fique ligado!

 

Leia mais:  A viagem pessoal nos números do Quinto

Vote no Quinto: