Quinto mostrou que 74% dos usuários que votaram se disseram a favor da restrição do comércio de embalagens plásticas.  


Ele está presente na sua casa, no supermercado, na escola, no trabalho e, possivelmente, na maioria dos lugares que você frequenta. O uso do plástico, utilizado para embalar, carregar e proteger, tem sido repensado nos últimos anos por conta dos danos causados ao meio ambiente.

Segundo estudos mais recentes, uma sacola plástica de supermercado demora em média 30 anos para se decompor. Para uma garrafa pet o tempo é indeterminado. Uma votação realizada no Quinto mostrou que 74% das pessoas que votaram são a favor da restrição de comércio de embalagens plásticas. Outro dado mostrou que 80% dos usuários questionados afirmaram se preocupar com a gestão ambiental da cidade onde moram.

Para tentar frear o consumo desnecessário de plástico em algumas atividades rotineiras, Malu Ribeiro, coordenadora de projetos da ONG SOS Mata Atlântica, deu algumas dicas. “Precisamos ter uma política individual consciente.  Antes de comprar, precisamos nos perguntar: ‘Precisamos realmente disso?’”, diz. Vamos às dicas?

 Baixe o Quinto agora e comece a votar!

1)    Use de novo

Uma das dicas mais conhecidas é sobre embalagens retornáveis. Diga adeus às sacolas plásticas e opte por sacolas de pano, ecobags e carrinhos de feira. Eles não fazem mal ao meio ambiente e podem ser utilizados muitas vezes. Você pode até precisar investir um pouco mais nestas opções, mas vai valer a pena!

2)    Copos, talheres e canudos

Muitas cidades do Brasil já aboliram os canudinhos plásticos e os substituem por papelão ou vidro. O mesmo pode ser feito com copos e talheres descartáveis. “Diga: não, obrigado”, afirma Malu. Hoje em dia há diversas opções de garfos, facas e copinhos que são compactos e podem ser levados para qualquer lugar.  Outra pesquisa do Quinto mostrou que 77% dos usuários questionados são a favor do “movimento sem canudo”.

3)    Vai à feira? Prefira os potinhos

Sabe aqueles potinhos de plástico mais firmes? Não os jogue fora! Eles podem ser usados para guardar comida, grãos, frutas e levados para a feira e supermercados quando for comprar produtos a granel. Produtos de inox e vidro também são bem-vindos!  

4)    Papel manteiga

Malu Ribeiro avisa: o papel manteiga é feito com fibras vegetais e se degrada mais rapidamente no meio ambiente. Prefira ele ao papel filme para quando for embalar um alimento.  

5)    Consciência na higiene e na diversão

Uma forma de reduzir o consumo de plástico é sempre comprar sabonetes e produtos de limpeza que sejam comercializados em embalagens de papelão. O mesmo vale para os brinquedos das crianças: prefira os que sejam feitos de madeira, metal ou pano.

Conheça 5 cantoras internacionais que se arriscaram no cinema

Meio Ambiente no Quinto

Falando em meio ambiente… 47% das pessoas que participaram da votação disseram que concordam com a mudança na legislação dos agrotóxicos, a polêmica “PL do Veneno”.

E você, quanto tempo demora no banho? Sabe que isso pode influenciar no desperdício de água, né? 34% que votaram no Quinto disseram que não adotam medidas para economizar o nosso bem mais precioso.

Na sua cidade chove quando deveria fazer sol? Está frio quando deveria estar “aquele calor de rachar”? Isso pode ter ligação com o aquecimento global… Porém, 16% das pessoas que votaram acham que as estações do ano não estão perdendo suas características. Você acha?

 Quem somos nós e por que estamos aqui? Descubra agora!